main-header

Barreiras na aplicação dificultam uso da tecnologia no agronegócio

tractor-385681 1920A adoção de processos tecnológicos é uma necessidade percebida pela cadeia produtiva do agronegócio. Porém, sua aplicação se mostra difícil, comprometendo resultados de um produtor cada vez mais preocupado com os custos.

Essa foi uma das conclusões da 11ª edição do Encontro de Marketing em Alimentos e Agronegócio, realizado na Esalq/USP, em Piracicaba. Os desafios do marketing na era digital pautaram as discussões.

“Muitas vezes a administração do negócio no setor agrícola tem uma cultura analógica, diante de um consumidor que pensa digitalmente”, disse Fábio Viotto, da Ouro Fino Saúde Animal.

Leia mais:Barreiras na aplicação dificultam uso da tecnologia no agronegócio

A Índia destruindo o mercado de açúcar

noticias 1432325716Nesta análise mensal seguem os principais números e as reflexões tanto para o curto quanto para o longo prazo da cadeia agroindustrial da cana à partir dos fatos da segunda quinzena de julho e primeira de agosto. No relatório da UNICA, até o final de agosto foram processadas 391,8 milhões de toneladas de cana, 2,3% a mais que na safra anterior. Em açúcar foram produzidas 18,84 milhões de toneladas (19,3% a menos) e em etanol 20,5 bilhões de litros, 33,5% a mais que a safra passada. O destaque vai para o hidratado, onde produzimos 14,15 bilhões de litros, 62,1% a mais. Isto é fruto de um mix de 63,48% para etanol, contra 51,5% no comparativo com o ano passado. 

Leia mais:A Índia destruindo o mercado de açúcar

Campo se prepara para novo cenário com a terceirização

DestaqueSC 0019A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar a terceirização sem restrições nas empresas brasileiras impactará de forma diferente os vários setores da economia. Na indústria de calcário, a avaliação é que o cenário pouco se alterará.

Porém, os clientes do segmento, notadamente no agronegócio, devem apresentar uma nova formatação em suas equipes, o que exigirá posturas diferenciadas no relacionamento técnico e comercial, por exemplo, por parte dos fornecedores de insumos.

A Sociedade Rural Brasileira (SRB) avalia que o julgamento do Supremo, concluído no final de agosto, beneficia principalmente pequenos agricultores e pecuaristas.

Leia mais:Campo se prepara para novo cenário com a terceirização

Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Importância da Calagem

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook