main-header

Calcário agrícola conquista espaço na Votorantim Cimentos

Sindical Arnaldo  007b
Arnaldo Carabolante possui 30 anos de experiência no setor de calcário
Foto: Divulgação 

A Votorantim Cimentos, tradicional empresa brasileira com mais de 80 anos no mercado de materiais de construção, possui um amplo portfólio de produtos, que vai além do seu ramo principal: cimentos, argamassas, cales, agregados e, inclusive, calcário agrícola.

O calcário da Votorantim leva a marca ‘Calcário Itaú’, isso porque a primeira fábrica está situada na cidade de Itaú de Minas (MG). O produto é conhecido nacionalmente por sua qualidade, finura e boa reatividade.

Atualmente, a empresa possui operação, além de Minas, nos estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Tocantins. É associada do Sindicato das Indústrias de Calcário e Derivados para Uso Agrícola do Estado de São Paulo (Sindical).

Gerente de vendas de calcários agrícolas da Votorantim, Arnaldo Carabolante avalia que a importância da utilização do produto vem crescendo no Brasil e, portanto, novos estudos poderão demonstrar maior valor na sua utilização nas lavouras.

Engenheiro agrônomo, Arnaldo acumula 30 anos de experiência no setor e traz o conhecimento de quem, ao longo de seis anos, presidiu o Sindical.

Essa importância também se amplia na Votorantim. O produto, que era apenas um derivado da mineração para produção de cimento, hoje integra a estratégia de crescimento do grupo no Brasil. “É uma história parecida com o bagaço da cana para as usinas. Antes era um problema, e hoje ajuda na hora de fazer as contas”, relatou Arnaldo.

Espalhados pelo Brasil existem atualmente sete coordenadores de venda que atuam em parceria com uma ampla rede de representantes e fornecem assistência técnica aos agricultores. “Temos uma equipe forte e preparada para apresentar as vantagens da correção do solo e nossos diferenciais competitivos”, afirma Arnaldo.

Parcerias constam da pauta. “As cooperativas ajudam nesse processo”, diz Arnaldo, citando um dos segmentos de forte atuação quando se fala de organização no campo. “Procuramos ‘puxar’ o calcário na entressafra, para deixar perto do cliente. Aí a distribuição é feita por caminhões que muitas vezes também são usados na aplicação”, conta.

Tecnologia

A tecnologia muda o panorama do mercado, segundo Arnaldo. Uma das fábricas do grupo fica em Itapeva (SP), região conhecida por ter um solo pouco fértil. A correção fez com que surgisse em Itapeva e arredores uma frente de plantio de soja, com bons resultados e, o que é melhor, com espaço para ampliação.

“A utilização do calcário na dosagem correta pode aumentar a produtividade do agricultor. Áreas em que a utilização do produto hoje é pouco difundida, como na pecuária, apresentam grande potencial de crescimento no consumo”, avalia.

Esse cenário de crescente reconhecimento na utilização do calcário, tanto para pequenos quanto para médios e grandes produtores rurais, pode ser quantificado. Arnaldo cita o exemplo do estado de Goiás - há duas décadas, havia seis empresas produzindo calcário; atualmente, com o avanço do agronegócio no Estado, há cerca de 40 indústrias no segmento.

A Votorantim Cimentos reconhece o potencial de mercado do calcário agrícola e vem investindo continuamente no crescimento do negócio, garantindo atendimento da demanda dos clientes, tanto em qualidade quanto em bom serviço prestado. Investimentos nas fábricas atuais e a construção de novas plantas seguem essa filosofia.

A parceria traz resultados práticos. O Calcário Itaú contribui para o aumento da produtividade da lavoura. E o sucesso da empresa anda ao lado do sucesso do negócio dos agricultores brasileiros, avalia a Votorantim.


Importância da Calagem

Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook