main-header

Indústria do calcário agrícola ganha espaço na Agrishow

Sindical 2014 Agrishow
Euclides Francisco Jutkoski prestigiou o evento, representando o presidente João Bellato Júnior
Foto: Divulgação 

A diretoria do Sindicato das Indústrias de Calcário e Derivados para Uso Agrícola do Estado de São Paulo (Sindical) prestigiou a 21ª edição da Agrishow (Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação). Dois associados estiveram presentes nesta que é uma das maiores feiras de negócios do mundo: a Minercal Agrícola e a Embracal.

O evento deve fechar a edição desse ano com R$ 2,7 bilhões em negócios. O montante é recorde, ultrapassando em R$ 100 milhões as vendas de 2013. A organização da feira, que recebeu 160 mil visiantes, deve divulgar os números nos próximos dias.

O segmento de Corretivos, Fertilizantes e Defensivos foi um dos 25 setores presentes à feira, que ocorreu entre 28 de abril e 2 de maio em Ribeirão Preto. Mais de 790 marcas atuaram na Agrishow, em diferentes áreas.

O diretor executivo e jurídico do Sindical, Euclides Francisco Jutkoski, prestigiou o evento, representando o presidente João Bellato Júnior. A Calcários Embracal participou como apoiadora no estande da Coopercitrus.

Já a Guapiara Mineração apresentou soluções na área de corretivos. Paulo Salvador de Almeida, diretor da empresa e membro do Conselho Fiscal do Sindical, estava acompanhado do engenheiro agrônomo e professor da ESALQ/USP Manoel Guilherme, além de uma equipe de atendimento.

Segundo Paulo Salvador, os componentes climáticos – como a estiagem no início do ano – mudaram parte das ações no campo em 2014. A tendência é de movimentação a partir dos próximos meses, avalia.

A Minercal, marca da Guapiara, apresentou seus produtos de forma diferenciada. Caixas de vidro de alta resistência instaladas no piso do estande traziam os corretivos, que podiam ser vistos pelos visitantes. Especialistas explicavam os benefícios de aplicação do calcário.

Euclides ainda visitou os espaços dos órgãos públicos.

O presidente da Agrishow, Maurilio Biagi Filho, se surpreendeu com os números desta edição. “Apesar de todas as adversidades, como a crise pela qual passa o setor sucroenergético, os problemas climáticos e as incertezas por conta das eleições, foi uma surpresa termos superado o volume de negócios do ano passado”, disse Biagi.

Concebida pelas entidades ABAG, ABIMAQ, ANDA e SRB, a Agrishow conta com 100 hectares de área para as demonstrações de campo. Também traz novas tecnologias em sementes.


Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Importância da Calagem

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook