main-header

Conhecimento faz presença feminina avançar no agronegócio

IMG 0182-fotodentro

Dia Internacional da Mulher é comemorado nesta sexta-feira
Foto: Divulgação 

O Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, aponta para um avanço da presença feminina no mundo empresarial. Esse salto chegou ao agronegócio, bem distante de qualquer modismo.

Para a empresária Maria Fernanda Monteiro, da empresa Calcário Amaral Machado, o avanço resulta da busca incessante de conhecimento que as mulheres demonstram nos últimos anos. Filha de família tradicionalmente ligada ao setor de calcário, Fernanda ostenta com orgulho o diploma da faculdade de Educação Física, mas se faz presente na Amaral Machado como diretora desde 1990 – nos últimos 7 anos, de forma mais efetiva.

Maurício Carvalho Monteiro, pai de Fernanda, foi um dos principais empreendedores da indústria de calcário agrícola em São Paulo e estados vizinhos. A empresa é associada Sindical.

A filha da empresária cursa a Esalq/USP, uma das escolas de excelência profissional voltada ao agro. Fernanda usa dado trazido pela filha: metade dos integrantes de uma das turmas mais recentes da Esalq, em Piracicaba, era formada pelo público feminino.

A empresária também falou do otimismo com a economia.

Site do Sindical - Como você avalia o papel da mulher no mundo de hoje?

Minha avaliação é um tanto breve e singela em vista das grandes conquistas já realizadas. A mulher saiu do âmbito doméstico e familiar e vem conquistando espaço em todas as áreas profissionais.

Hoje a mulher é vista como uma PROFISSIONAL COMPETENTE, e o mais importante é que está sendo respeitada por isso! Sei que ainda existe um certo preconceito velado por determinados homens e em alguns setores, mas que já não são maioria.

Infelizmente isso não acontece em todos os países. Ainda existe muito machismo e repressão sobre as mulheres em alguns países, mas existe todo um movimento global para acabar com isso e deixar a mulher livre para crescer como profissional e se realizar como ser humano.

A mulher de hoje vem ampliando seus horizontes e conquistando seu espaço através de muito estudo, esforço, dedicação, coragem, perseverança, resiliência, determinação e atualizações.

Sindical - No agronegócio, esse espaço vem se ampliando, tanto em presença quanto em influência?

Sim, cresce a influência das mulheres no agronegócio, e elas vêm avançando em postos de liderança como agricultoras, pecuaristas, executivas de empresas do setor, pesquisadoras e empreendedoras.

Tenho um dado significativo a este respeito através da minha filha Mariana, que cursa o 3° ano de Agronomia na Esalq, faculdade que está entre as melhores do mundo: foi constatado que no ano de 2015, metade dos 243 formandos era do sexo feminino.

A Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) fez uma pesquisa onde o resultado diz que a maioria das empreendedoras do agro estão em postos de liderança.

A mulher sempre foi parte relevante na promoção da segurança alimentar e nutricional das famílias, então elas transitam por este setor da economia com maestria e segurança. E isto também se deve ao fato de estarem empenhadas em adquirir o máximo de conhecimento.

Sindical – Historicamente, essa evolução ainda é difícil.

Há pessoas maravilhosas no meio do agronegócio. Porém, houve e ainda há pessoas que, por proteção, acham que o agro, o calcário, não é lugar para a mulher. Então, quando a mulher ingressa nesse segmento, tem que aprender tudo sozinha, mesmo demonstrando interesse. O conhecimento e a experiência precisam ser compartilhados.

Sindical - Nas empresas da área de insumo, como você avalia o cenário econômico?

Estamos numa hora em que será necessário reduzir ainda mais os custos de produção devido aos insumos terem tido aumentos em torno de 20%, e isto provavelmente reduzirá as margens de lucro para os agricultores e produtores.

Por outro lado estamos esperançosos com o novo governo e o crescimento da economia no país.  Já fizemos o planejamento de investimentos na nossa empresa . A M&G Mineração de Calcário, que é conhecida no mercado há mais de 60 anos como Calcário Amaral Machado, está preparada para atender uma demanda maior do mercado.


Importância da Calagem

Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook