main-header

"Palavra do Presidente": ventos favoráveis

O presidente do Sindicato das Indústrias de Calcário e Derivados para Uso Agrícola do Estado de São Paulo (Sindical), João Bellato Júnior, avalia que o ano de 2017 será de consumo em alta quando o assunto é corretivo voltado para o campo. O salto não deve ser de 31%, como ocorrido no ano passado. Porém, medidas que atingem principalmente o segmento sucroalcooleiro devem impulsionar a indústria de calcário.

Bellato considera que haverá dificuldades em função dos cenários econômico e político país, mas a nova linha de ação da Petrobrás influenciará usinas produtoras de etanol, que são um dos dos principais consumidores de calcário no estado. 

Confira na seção "Palavra do Presidente" - clique aqui.


Importância da Calagem

Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook