main-header

Calcário melhora produção de peixes em tanques

Um dos problemas enfrentados por piscicultores de tanques escavados é a predação de seus peixes por animais silvestres. Essa predação gera perda e amplia custos para os produtores. Em casos extremos, 80% acabam perdidos.

Porém, o uso de calcário pode ajudar a melhorar essa conta, entre várias medidas a serem adotadas. Pesquisadores da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), ligada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, propõem um manejo que derruba a taxa de mortalidade a até 5%.

Os estudos duraram 10 anos e foram conduzidos no Polo Regional do Vale do Ribeira da APTA, nas cidades de Eldorado, Jacupiranga, Sete Barras, Pariquera-Açú, Cajati e Registro.

Após cada ciclo de produção, os pesquisadores sugerem que o produtor retire por completo a água do viveiro, evitando poços de água, que podem conter ovos de traíras e outras espécies indesejáveis. A medida tem como objetivo evitar o ataque de predadores aquáticos.

Uma semana após as limpezas necessárias, o estudo recomenda a realização de uma calagem, utilizando calcário dolomítico. Após um dia com 30% do viveiro cheio de água, deve ser feita a incorporação do solo, remexendo o fundo do viveiro com um rastelo ou corrente.

Clique aqui e conheça a técnica.


Deixar seu comentário

Postar comentário

0 / 300 Restrição de Caracter
Seu texto deve ter menos de 300 caracteres

Pessoas nesta conversa

Powered by Komento

banner001

Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook