main-header

Nota de falecimento - Calcário Diamante

luto002É com pesar que a Diretoria do Sindical informa o falecimento do sr. Antônio Vitti, proprietário do Calcário Diamante. O falecimento ocorreu neste sábado, 14 de julho, aos 83 anos.

O sepultamento ocorrerá neste domingo, 15 de julho, às 14h, no Cemitério Parque das Palmeiras, em Rio Claro (SP), onde também ocorre o velório.

Sr. Antônio era viúvo de Maria Thereza Ramos Vitti e deixa os filhos Fábio e Antônio Cláudio, além de noras e quatro netos. Fábio é vice-presidente do Sindical. A Diretoria, Associados e Colaboradores do Sindical enviam as condolências à família do sr. Antônio.

Leia mais:Nota de falecimento - Calcário Diamante

Legado de Antônio Vitti mostra força do calcário

DSC 0063vittiUma das principais características da indústria do calcário no estado de São Paulo e no Brasil é a forte influência da gestão familiar nas empresas. Nesse sentido, o falecimento do empresário Antônio Vitti, proprietário do Calcário Diamante, representa um fato marcante.

Porém, sua atuação tanto na divulgação do produto como na gestão da Diamante foi um dos itens mais citados pelas pessoas que compareceram ao velório, em Rio Claro (SP).

Vitti faleceu no dia 14 de julho, sendo sepultado no dia seguinte, também em Rio Claro.

Leia mais:Legado de Antônio Vitti mostra força do calcário

Consumo de calcário esbarra na greve, estiagem e canaviais "velhos"

canacalcario-01A reduzida ocorrência de chuvas e os canaviais "velhos" estão freando o consumo de calcário no Estado de São Paulo. A alta de 9,4% nos primeiros cinco meses de 2018 ocorre a partir de bases reduzidas na comparação, que foram os números do ano passado.

Ao mesmo tempo, a greve dos caminhoneiros, nos últimos 10 dias de maio, afetou o resultado. Até a paralisação, o consumo estava sendo superior ao ano anterior na casa dos 13%.

O alerta é feito pelo presidente do Sindicato das Indústrias de Calcário e Derivados para Uso Agrícola do Estado de São Paulo (Sindical), João Bellato Júnior. 

Leia mais:Consumo de calcário esbarra na greve, estiagem e canaviais "velhos"

Calcário em gramado para futebol: garantia de “bola rolando”

Futebol gramado 11bEm períodos de Copa do Mundo, a qualidade do gramado utilizado para as partidas impressiona quem assiste aos jogos e até mesmo os praticantes do futebol como hobby. No Brasil, o calcário é um parceiro para garantir a qualidade na hora de a bola rolar.

Reunindo nutrientes como cálcio e magnésio, o calcário tem sua imagem geralmente relacionada à produção agrícola. Sua aplicação corrige a acidez do solo, num processo chamado “calagem”.

“Nas culturas, a calagem e adubação são importantes para garantir uma boa produtividade. Nos gramados, as características qualitativas pesam mais, como uma boa coloração, densidade e resistência”, conta Jairo Hanasiro, engenheiro agrônomo pela Esalq/USP, com especialização em Fertilidade de Solos e Nutrição de Plantas.

Leia mais:Calcário em gramado para futebol: garantia de “bola rolando”

A distribuição direta de etanol hidratado aos postos

DSC 003v7Nesta análise mensal seguem os principais números e as reflexões tanto para o curto quanto para o longo prazo da cadeia agroindustrial da cana à partir dos fatos da segunda quinzena de maio e primeira de junho. Segundo a UNICA até o final de maio foram processadas 134,84 milhões de toneladas de cana, 20% a mais que na safra anterior. Em açúcar já foram produzidas 5,49 milhões de toneladas (praticamente 4% a menos) e em etanol 6,55 bilhões de litros, 52% a mais que a safra passada. O destaque vai para o hidratado, onde produzimos 4,77 bilhões de litros, 82% a mais que o mesmo período do ano passado. Isto é fruto de um mix de 65,5% para etanol, contra 54,9% no comparativo.

Leia mais:A distribuição direta de etanol hidratado aos postos

Importância da Calagem

Cartilha - Metodologia Oficial de Análises de Corretivos de Acidez

Boletim Calcário 2017

Busca rápida

Login

Entrevista - Canal Rural

Espaço do Agricultor

YoutubeTwitterFacebook